29 de mar de 2013

MATÉRIA (003) – ESTADOS FÍSICOS


Seguindo o exemplo da água, toda a matéria disponível em nosso universo pode ser encontrada nos estados físicos sólido, líquido e gasoso.
O estado sólido é caracterizado pela baixa energia contida nas partículas, possuindo forma fixa e volume menor, com pouca variação, exceto pela dilatação térmica – expansão por aquecimento.
Com o fornecimento de energia, as partículas se agitam com mais intensidade e buscam mais espaço, gerando o estado líquido. O volume neste caso também tem pouca variação, porém a forma é inconstante, geralmente assumindo as características do recipiente em que é colocado.
O estado gasoso é caracterizado por uma agitação maior das partículas, tendo forma e volumes inconstantes. Dessa forma pode ser comprimido e expandido em diversos ambientes.


Mas se toda a matéria pode ser encontrada nos três estados físicos, como se definiu que a água é líquida, o ar é gasoso, o plástico é sólido, entre outros?
Um dos fatores que difere toda a matéria é a especificidade dos pontos de fusão e ebulição de cada elemento e substância.
Por exemplo:
- o oxigênio possui ponto de fusão próximo a -220ºC e ponto de ebulição próximo a -180ºC;
- á água possui ponto de fusão de 0ºC e de ebulição de 100ºC;
- o plástico (polietilento) tem ponto de fusão equivalente a 110°C.

Em um dia de verão, com 30º de temperatura ambiente, o oxigênio, muito acima do seu ponto de ebulição, estará em estado gasoso. Já a água, entre seus pontos de fusão e ebulição, estará em estado líquido. O plástico, por fim, estará abaixo de seu ponto de fusão, ou seja, no estado sólido.
Para recordar as passagens dos estados físicos, veja o post sobre a água.

OBS.: esse texto é baseado no conteúdo do sexto ano do ensino fundamental II, sendo assim, não são utilizados conceitos de elementos químicos e moléculas.

Mande suas dúvidas e sugestões por:
e-mail

Nenhum comentário:

Postar um comentário