13 de out de 2011

CITOLOGIA (011) - PLASTOS


Os plastos (ou plastídeos) são organelas celulares presentes exclusivamente em algas e plantas, originadas da diferenciação de uma organela denominada proplasto.
Podemos encontrar os plastos divididos em dois grupos, de acordo com a presença de pigmentação:
- leucoplastos – incolores, atuam diretamente na reserva energética vegetal armazenando amido;
- cromoplastos – pigmentados, podem possuir ação fotossintetizante ou conferir cor à frutos e outras estruturas das plantas.
O cromoplasto mais importante para a biologia é o cloroplasto, pigmentado pela clorofila e responsável pela fotossíntese nas algas e vegetais.
A fotossíntese é uma cadeia bioquímica que, resumidamente, é caracterizada pela produção de glicose (molécula energética) e oxigênio através da soma entre o dióxido de carbono atmosférico e a água absorvida pela raiz.


Os cloroplastos são formados por uma membrana dupla, sendo a interna pregueada, formando lamelas que mergulham em seu espaço interno, conhecido como estoma.
Das lamelas maiores brotam lamelas menores, os tilacoides, que organizam-se em pilhas conhecidas como granum.


A presença de um grande número de cloroplastos nos tecidos fotossintetizantes vegetais é o que lhes confere a cor verde. Isso pode ser facilmente observado nas folhas de uma árvore.

Dúvidas e sugestões: professorthiagorenno@gmail.com

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário