24 de jun de 2011

CITOLOGIA (002) – MEMBRANA PLASMÁTICA

A composição da membrana plasmática é lipoproteica, onde proteínas e glicoproteínas movimentam-se livremente em uma bicamada de fosfolipídios (modelo do mosaico fluído).


As proteínas presentes na membrana plasmática são classificadas da seguinte maneira:
- proteínas de adesão;
- proteínas que facilitam a comunicação (intercâmbio) celular;
- proteínas do transporte ativo e difusão facilitada;
- enzimas;
- proteínas de fixação (ou ancoragem) do citoesqueleto;
- proteínas receptoras de membrana.
As glicoproteínas (proteínas ligadas a carboidratos) geralmente são marcadores de membrana relacionados com a comunicação celular e a identidade molecular da célula, como ocorre no caso do glicocálix.

FUNÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA

A membrana plasmática participa de uma grande quantidade de processos nas células, generalizados ou específicos de determinados organismos.
Além de separar o meio externo do meio interno da célula, delimitando-a, a membrana plasmática é responsável por:
- transporte de substâncias químicas;
- controle da pressão osmótica;
- locomoção da célula – pseudópodes das amebas;
- reações metabólicas – enzimas das membranas realizam determinadas cadeias metabólicas, como ocorre com a cadeia respiratória de procariontes.

Dúvidas e sugestões: professorthiagorenno@gmail.com

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário