16/05/2011

ORIGEM DA VIDA (003) – ABIOGÊNESE E BIOGÊNESE


Muito antes de Oparin e Haldane elaborarem sua teoria sobre a origem da vida na Terra as questões acerca do tema eram debatidas por naturalistas e filósofos.
Durante toda a história da humanidade grande parte da população acreditava que os primeiros seres vivos foram criados através de força divina, de acordo com o que pregavam as religiões.
Porém, a multiplicação das espécies era uma incógnita, o que levou a criação de diversas teorias.
No século IV a.C. o filósofo grego Aristóteles acreditava que algumas substâncias inanimadas misturadas a princípios vivos ativos eram capazes de dar origem a seres vivos diversos. Esta teoria, que passou por algumas modificações durante os séculos, foi denominada Teoria da Abiogênese ou Geração Espontânea.
De acordo com a abiogênese, roedores eram gerados a partir de milho estocado, baratas criadas a partir do lixo em decomposição, moscas surgiam de alimentos podres.
Alguns naturalistas alegavam até possuir fórmulas para a criação de determinados seres vivos, como os casos de Paracelso no século XVI e Van Helmont no século seguinte.
Apenas no século XVII a teoria da abiogênese encontrou seu declínio.
O naturalista italiano Francesco Redi realizou um experimento com o objetivo de provar que uma vida apenas poderia surgir de uma vida preexistente.
Para tanto, Redi colocou pedaços de carne em três recipientes distintos:
- o primeiro tampado, usado como controle;
- o segundo fechado com gaze;
- o terceiro aberto.
Como era de se esperar, o apodrecimento da carne atraiu moscas para os recipientes, porém tais insetos tiveram acesso a ela apenas na terceira amostra.
Nos recipientes 1 e 2 não foram observados o aparecimento de larvas na carne. Já no recipiente número 3 tal fenômeno ocorreu.

 
Surgia neste momento a teoria da biogênese, confirmada no século XIX com o experimento do cientista francês Louis Pasteur.
Para realização de seu experimento, Pasteur encheu alguns frascos com um caldo nutritivo e os ferveu, eliminando qualquer forma de vida microscópica que neles estivesse presente.
Os frascos de pescoço reto ficaram abertos em contato com o ar atmosférico. Já os frascos com pescoço de cisne ficaram fechados.


Como resultado foi observado crescimento de colônias bacterianas nos frascos abertos, enquanto os fechados não tiveram alteração.
O processo criado por Pasteur para a eliminação da vida microscópica no caldo nutritivo foi denominado pasteurização e é muito utilizado na indústria alimentícia.

Dúvidas e sugestões: professorthiagorenno@gmail.com


.

5 comentários:

  1. Esses experimentos me ajudaram nas aulas de ciencias

    ResponderExcluir
  2. muito bom adorei o como vc esplicou bem.parabens feis um otimo trabalho com o texto e com as imagens!!

    ResponderExcluir
  3. valeu tio me ajudo mto

    ResponderExcluir
  4. mt bom me ajudou na minha recuperaçao..

    ResponderExcluir
  5. mt bom mim ajudou em um trabalho logo apois botarei minha nota

    ResponderExcluir